sexta-feira, abril 08, 2011

Magnólia

Um velho à beira da morte quer ver pela última vez o filho que abandonou ainda adolescente. Um apresentador de um programa de perguntas e respostas para crianças abusa de sua filha, viciada em cocaína. Um menino prodígio que participa do tal programa com grandes chances de ganhar e um homem, antigo menino prodígio vencedor no mesmo programa no passado, que se confronta com sua atual vida fracassada. Um cara boa pinta dá palestras sobre como dominar as mulheres. Um policial honesto e outras figuras tristes.

Esses são alguns dos personagens de Magnólia, um filme que tem de tudo um pouco: amor, ódio, arrependimento, maus tratos, abuso, perdão, redenção, humor e até uma praga bíblica. Sem contar o elenco maravilhoso. Um filme pesado, tenso, sensível, que retrata a vida de seus personagens, ligados entre si por pequenas coincidências. Os dramas individuais e coletivos vão ganhando volume e intensidade ao longo do filme, até chegar a um ponto onde todos, inclusive nós espectadores, se perguntam se não terão fim (vídeo abaixo).

Além da relação que há entre os personagens, outro fio condutor da história é a trilha sonora, composta em sua maior parte por Aimee Mann, sem a qual talvez o filme não tivesse a mesma força e sensibilidade. E como esse blog é sobre música e não sobre cinema, deixo-os com algumas das músicas dessa fantástica compositora que é Aimee Mann. Conheci-a graças ao filme e desde então virei seu fã.

Não vou contar como o filme termina, claro, mas há finalmente um momento em que todos mais ou menos encontram seu caminho, deixando uma mensagem de otimismo no sorriso de um dos personagens. Recomendo o filme a quem não o assistiu. Não conheço uma pessoa que não tenha se impressionado de alguma forma por ele.

Título: Magnolia
Ano de lançamento: 1999
Direção e roteiro: Paul Thomas Anderson
Elenco: Tom Cruise, Jason Robards, Julianne Moore, William H. Macy, John C. Reilly, Philip Seymour Hoffman, Alfred Molina, Philip Baker Hall
Música: Jon Brion, Fiona Apple e Aimee Mann

Trailer do filme – infelizmente só achei sem legenda



5 Musicólatras Comentaram:

Rafhael Vaz disse...

Considero Magnólia uma obra-prima, está entre meus filmes preferidos. Aliás, também conheci a Aimee Mann por causa da trilha sonora deste. Muita gente não gosta do filme por causa daquela parte, que não vou citar aqui para não fazer Spoiler, mas quem já viu sabe do que estou falando.

Excelente post Edison!! Magnólia é um grande aprendizado.

Emmanuella disse...

Quanto mistério, vocês dois! Vou ter que assistir, fiquei curiosíssima! haha

E Juliane Moore, LINDA.

(que tipo de mulher ignora completamente o Tom Cruise pra elogiar outra mulher? Não me julguem ¬¬)

Marcello disse...

Gostei muito do filme, trilha, elenco afiadíssimo.

A cena que o Rafa diz é perfeita dentro do contexto do filme.

Manu..veja sim !!

Edison Junior disse...

Boa pedida para o final de semana, Manu. Se der, leia antes a passagem Exodus 8:2, da Bíblia (eu mesmo só fui ler depois). E divirta-se procurando as incontáveis referências ao par números 8 e 2 ao longo do filme.

A propósito, também prefiro a Juliane Moore ao Tom Cruise, mas ele está simplesmente impagável no papel de guru do sexo, tanto na parte humorística quanto na dramática do filme. Juliane Moore não vou nem comentar. Ela é ótima e está perfeita no filme.

Daniel disse...

Não conheço esse filme. Pra falar a verdade não é o gênero que eu curto, mais fiquei no dever de assistir depois de ler os comentários..rs. Vou ver se encontro para assistir.

Abraço
Daniel