sábado, novembro 20, 2010

Jazz & Rock

E o blog Jazz & Rock faz 3 anos nessa semana! Convenhamos, não são muitos os blogs que sobrevivem por tanto tempo. Para isso, só mesmo com uma combinação de bom conteúdo e persistência do blogueiro, e essas são duas coisas que o Jazz & Rock tem de sobra. Foi um dos primeiros blogs de música que eu segui e, graças a ele, tive acesso a um monte de coisas legais que ainda não conhecia (às vezes a gente fica preso só no que a gente gosta e precisa de um empurrão para conhecer coisas diferentes).

Jazz & Rock

Porém, mais importante que isso, foi através do Jazz & Rock que eu conheci o Daniel (Argentino) Faria. Essa figuraça honrou-me com o convite para escrever umas bobagens aqui no Musicólatras, convite esse que aceitei rapidamente antes que ele mudasse de ideia. Só não entendo como é que o cara consegue torcer para a Argentina…


Com a palavra, o Daniel.

1. O que motivou a criação do blog?

Daniel ArgentinoPrimeiramente ser um musicólatra (risos). E depois por ser uma forma que eu encontrei de poder compartilhar os sons que eu curtia e aqueles que eu estava conhecendo. Sempre achei que por mais que exista uma infinidade de blogs sobre música, o meu seria o único, afinal estaria compartilhando o meu gosto musical e isso me animou muito. Inclusive o blog me ajudou muito e nesse tempo adquiri muito mais conhecimento.

2. Quando começou a se interessar pela blogosfera e porquê?

Confesso que sempre achei a blogosfera um saco. A minha visão de blog era a seguinte: diario virtual. Então não entrava na minha cabeça a ideia de criar um blog e escrever sobre minha vida. Quando comecei a curtir jazz e consequentemente passei a usar a internet como fonte de pesquisa, comecei a descobrir alguns blogs que faziam esse trabalho de divulgação. E antes de criar o "Jazz e Rock" em novembro de 2007, eu participava fazendo algumas postagens no Blog do JazzMan! e com o tempo comecei a me interessar e pensei que poderia criar um espaço próprio, onde tivesse uma liberdade maior de compartilhar o que eu quisesse. E assim o "Jazz e Rock" nasceu (risos).

3. Com que frequência você atualiza o blog?

Atualizo o blog de acordo com que as novidades aparecem. Desde que comecei o blog procuro manter sempre atualizado, claro que as vezes tenho mais facilidade de postar pela quantidade de álbuns, mais tem hora que isso não acontece, por isso tenho sempre uma "carta na manga" para postar e assim manter o blog atualizado.

4. Na sua opinião, qual a importância dos blogs na divulgação da cultura?

Hoje a blogosfera tem um papel muito importante na divulgação da cultura e isso de certa forma é uma responsabilidade a mais para o blogueiro, principalmente na hora de passar a informação correta e assim ser uma fonte confiável. Quem deseja levar um blog a sério, tem que se manter atualizado no assunto discutido no blog. Talvez por isso existem tantos blogs que começam e não duram seis meses, apesar de parecer brincadeira, ter um blog requer seriedade e comprometimento.

5. Há quanto tempo você tem o blog?

Há exatos 3 anos.

6.   Qual a proposta do blog?

Quando criei o "Jazz e Rock" sempre tive em mente uma coisa: Propósito. E isso é parte da motivação de um blogueiro, não tem como criar um blog por criar. O propósito principal do meu blog é compartilhar música de qualidade e passar informações para as pessoas. O blog serve como um canal a mais na divulgação, por que muitos dos músicos não conseguem um espaço na grande midia, que hoje é tomado por uma qualidade musical muito baixa (salvo alguns raros programas de TV). Então o blog surge para suprir isso e levar a boa música para as pessoas.

7.   Que post ou série você considera como destaque no blog?

Pergunta dificil de responder (risos). Em três anos postei muita coisa que considero como destaque, vários álbuns que de certa forma ficaram marcados na minha vida e que tive a honra de poder compartilhar. Fora os álbuns, eu curti e me diverti muito com as entrevistas que tive a oportunidade de fazer: Tomati e Derico (Sexteto do Jô), o baixista Eduardo Machado, o violonista João Alexandre, a trupe do Teatro Mágico, enfim, foram experiências fantásticas. Também gostaria de citar o projeto "Os 50 Melhores Álbuns da Década" , feito em parceria com os blogueiros Rafhael Vaz, Emmanuela, Luiz e Arthur, foi um projeto muito interessante. E saindo do campo da música o meu projeto de resenhas de livros. É isso, muito álbum bom ficará de fora dessa lista, mais fica pra próxima (risos).

Links:
Entrevistas
Projeto 50 melhores álbuns da década
Resenha de Livros

8.   Qual a relação e a experiência do autor com a música? (se você é músico profissional, amador ou apenas um amante da música - musicólatra).

Na minha adolescência eu até me arrisquei a aprender contrabaixo, mais não tive êxito, era muito relaxado, não estudava em casa e consequentemente acabei deixando pra lá. Hoje sou apenas um musicólatra, se deixar escuto música 25 horas por dia e quando saio de casa posso esquecer até os documentos, mais o ipod jamais (risos). Quem sabe um dia ainda volte a fazer aula de contrabaixo, é uma vontade que tenho, pelo menos para realizar esse sonho, mais por enquanto ainda não tenho isso como prioridade.



2 Musicólatras Comentaram:

Daniel disse...

Foi muito legal e divertido responder as perguntas. Aproveito para mais uma vez parabenizar o Edison pela excelente ideia de dedicar um espaço aqui no Musicólatras para a divulgação de outros blogs.

Em relação ao Musicólatras, eu só tenho que agradecer por você ter aceitado o convite e assim ajudar a construir o blog dia após dia.

Sobre torcer para a Argentina..rs..já são mais de 10 anos torcendo e esse tipo de paixão é inexplicável hahaha.

Abraço
Daniel

Rafhael Vaz disse...

Caramba, tinha me passado batido este post. Mto bacana a entrevista!!

Parabéns pelo blog, sempre o acompanhei, msm antes de começarmos nossas parcerias.

Abraços!!