terça-feira, setembro 21, 2010

A Linha do Tempo do iPod - ( Parte I )

Um musicólatra que se preze não consegue sair de casa sem o seu aparelho para ouvir música e isso independe se é um celular, mp3, mp4, discman ou iPod. O importante é ouvir as nossas músicas de forma prática e rápida em qualquer lugar e momento. Em outras postagens, já abordamos o assunto do mp3, fones de ouvido e até mesmo sobre alguns aparelhos portáteis.

E um desses aparelhos portáteis é o iPod, criado e desenvolvido pela empresa Apple. O primeiro modelo foi lançado em 2001 e na época ninguém imaginava a proporção que esse pequeno aparelho iria tomar. Naquela época a maioria dos aparelhos eram de baixa capacidade de armazenamento e tinham os preços elevados. Passados quase dez anos, o iPod virou uma febre mundial, passou a ser um dos aparelhos reprodutores de áudio mais vendidos no mundo e ao longo das suas “gerações” foi ganhando novas funções, como reprodução de vídeo, câmera e até mesmo navegação pela internet.

A intenção dessa postagem não é contar a história do iPod em si, mais a evolução dos vários modelos do aparelho ao longo dos anos.

Para começar vamos falar sobre o primeiro modelo criado pela empresa, o iPod Clássico e as suas gerações.

Clique na Figura (abaixo) para ampliar e visualizar melhor.

Primeira Geração : Agora conhecido pelo nome classic, o primeiro modelo do iPod foi introduzido em 2001 e trazia uma tela monocromática com resolução 160x128. As principais novidades ficavam por conta do espaço de 5GB e o Click Wheel, que neste primeiro modelo ainda operava de forma mecânica. O preço não era nada convidativo – US$ 399, mas a possibilidade de carregar 1000 músicas dentro do bolso foi o suficiente para garantir a popularidade do aparelho.

Segunda Geração : Lançada em 2002, a segunda geração do iPod foi a responsável por realmente popularizar o aparelho, com o surgimento de opções como a gravar o nome do usuário na parte de trás do dispositivo pagando uma taxa de US$ 50. Com modelos de 10 GB e 20 GB, o Click Wheel se tornou sensível ao toque e os usuários do Windows finalmente ganharam uma forma de passar músicas para o aparelho, primeiro através do Musicmatch e depois por uma versão do iTunes para o sistema operacional.

Terceira Geração : Em 2003, a Apple dobrou o tamanho do disco rígido dos aparelhos, que agora estavam disponíveis em modelos de 20 GB e 40 GB. O dispositivo também ganhou dimensões menores e foram incluídos alguns botões extras para o controle da reprodução de músicas, que foram descartados nas versões posteriores. Além disso, a partir do lançamento do iTunes 4.1 para o Windows o suporte ao Musicmatch foi abandonado.

Quarta Geração : Depois de passar os últimos anos simplesmente aprimorando a capacidade de seus aparelhos, em 2004 a Apple introduziu um novo tipo de iPod, batizado como mini – que eventualmente se transformou na linha nano. O modelo original ganhou mais capacidade, com modelos de 40GB e 60GB e, no mesmo ano, ganhou uma alternativa com a nomeação Photo, devido ao suporte à exibição de fotografias coloridas e o abandono dos menus monocromáticos das versões anteriores.

Quinta Geração : 2005 foi o ano em que a Apple introduziu o primeiro modelo do iPod shuffle, direcionado a quem procurava uma alternativa mais barata para reproduzir suas músicas. O modelo Photo foi unificado com a versão clássica, que agora contava com uma tela maior e a impressionante capacidade de 80 GB – espaço pensado na nova capacidade de reproduzir vídeos no formato H.264 com 30 frames por segundo.

Sexta Geração : A sexta geração foi a primeira a ganhar a designação classic, e é a partir dela que o modelo deixou de ser o carro chefe para as novidades dos modelos iPod. As maiores novidades do aparelho ficam por conta de uma interface redesenhada e o abandono da cor branca pelo prateado. Atualmente, está disponível apenas o modelo de 160 GB, e o dispositivo permanece o único da família iPod a utilizar um disco rígido para armazenar arquivos.

Na semana que vem o artigo sobre o iPod continuar, mais vamos abordar outro modelo. Boa Semana a todos.

O artigo foi retirado do site Baixaki (*Créditos)



2 Musicólatras Comentaram:

Rafhael Vaz disse...

Bacana!!
Atualmente eu tenho um de 80 gb, levo ele pra tudo qto é lugar: trabalho, viagem, caminhada etc etc. Esse aprelho só aumentou o meu vício por música. uaheuaheuaeh

Abraços!!

Edison Junior disse...

Legal, não sabia que o iPod já tinha História. Eu ainda uso meu celular pré-histórico com 1 giga...