terça-feira, setembro 14, 2010

Baixistas: Eduardo Machado

Olá Musicólatras de Plantão.

Continuando a série dos "Baixistas", hoje apresento a vocês, um dos grandes nomes do contrabaixo nacional, Eduardo Machado.

Eduardo iniciou os estudos do contrabaixo com apenas 12 anos, ao longo do seu aprendizado teve como professor nada mais nada menos que Celso Pixinga, estudou em Londres no Bass Institute Tecnology, é formado no Conservatório Daramático de Musical Dr.Carlos de Campos, na área de MPB e Jazz. É professor há mais de 17 anos no IGB (Instituto de Guitarra e Baixo), situado em Franca/SP. Eduardo trás no currículo inúmeras apresentações musicais, em diversas bandas e estilos, tocou ao lado de Roberto Menescal, Arthur Maia, Chico Oliveira (Chiquinho), Diego Figueiredo, Bob Wyaatt, Orquestra Laércio de Franca, Daniel Santiago, entre outros. Em 2007 participou do 1º Bass Festival Souza Lima & Cover de Baixo, com participações de baixistas de todo o Brasil, e foi premiado com a segunda colocação.


Em 2009 Eduardo lança o seu primeiro álbum solo, diga-se de passagem, um trabalho primoroso. O álbum trás toda a bagagem musical adquirida por Eduardo ao longo do tempo, influências que ultrapassam a fronteira do jazz e chega até os ritmos brasileiros. As músicas são todas de autoria de Eduardo, que durante as gravações é acompanhado pelo quarteto formado por, Alexandre Magno (piano), Beto Sápio (saxofone), Marinho (bateria) e Chicoléo (guitarra).

O álbum se destaca por dois pontos essenciais, boas composições e arranjos bem elaborados. Impossível não se empolgar com o samba jazz de “Samba do Enguiço”, que em meios a solos de sax e trompete, Eduardo mostra por que é um dos grandes contrabaixistas brasileiros, sua forma de tocar, a suavidade nas notas e os grooves precisos que dão um ritmo contagiante a música. Em “Partindo Pro Alto”, destaque para a participação especial do contrabaixista Arthur Maia e do trompetista Chiquinho Oliveira (Sexteto do Jô). A música começa com a técnica do slap, muito bem explorada, em seguida a entrada dos metais ao fundo, tudo muito bem encaixado, Arthur Maia ainda da uma pequena canjinha no vocal encima do seu solo. As músicas “Hardbopcaatingaxote”, com participação de Ferraguti, “Só Xote”, com Marcos Sabio e “Escorrega Lá Vai Um”, trás o ritmo do baião, muito bem explorado por sinal. Já “Pareinoar” ganha um ritmo latino, destaque para o arranjo do saxofonista Beto Sápio. Nas demais músicas, o contrabaixo continua em evidência, com linhas suaves e grooves precisos, não deixando de citar os belos arranjos de metais que dão um toque mais do que especial. Destaque para sensacional “Sete Voltas”, que começa com o contrabaixo solo e depois ganha um toque de samba jazz, com solos de trompete, piano e do próprio contrabaixo.

Eduardo é sem dúvida um dos grandes contrabaixistas brasileiros, sua música alia técnica, bons arranjos e composições fantásticas. Confira os vídeos abaixo.

Eduardo Machado & Quinteto - "Samba do Enguiço" (Teatro Municipal de Franca/SP)


Eduardo Machado & Quinteto - "Sete Voltas" (Teatro Municipal de Franca/SP)


MySpace: Eduardo Machado



3 Musicólatras Comentaram:

Edison Junior disse...

É muito bom o som dele. Vale a pena oucir o CD inteiro.

Edison Junior disse...

ouvir...

Daniel disse...

Vale e muito mesmo Edison.

Em breve novidades !!!

Abraço