quinta-feira, abril 15, 2010

Beethoven - parte 2

No dia 7 de Março de 1824, centenas de pessoas na platéia do teatro Karthnerthor em Viena assistiram a história da música ser feita ao assistirem a primeira exibição da maior obra-prima da música, a sinfonia n° 9.

Beethoven já era muito conhecido e admirado na Europa, e em sua chegada a ovação foi surpreendente, tanto que o comissário de polícia teve que intervir para restaurar o silêncio. A sinfonia era constituída geralmente por 3 ou 4 movimentos e não se usava coro nessa época.

Mas Beethoven inovou e chocou a platéia, desde os 22 anos, o compositor tinha uma vontade de musicar os versos An die Freude (Ode à Alegria) do poeta alemão Schiller, e foi esses versos que quebraram com a tradição clássica da sinfonia ao usar um coro e tenores ao entoar um dos temas mais conhecidos da música ocidental.

A 9° de Beethoven é considerada a mais perfeita obra em termos de composição sinfônica, para se ter idéia, Beethoven transformou a sinfonia em uma expressão intelectual e emocional.

Sentado no meio do palco próximo ao maestro Michael Umlauf, Beethoven costumava marcar o tempo em silêncio, mas o maestro Umlauf após presenciar um ensaio que se transformou em desastre devido à surdez de Beethoven, pediu aos músicos que ignorassem o compositor.

Tanto que após a apresentação, a contralto teve que segurar a mão de Beethoven e virá-lo para a platéia que o aplaudia de pé, e foi assim que todos descobriram sua surdez, então a platéia levantou chapéus, lenços e mãos para o ar, para que o compositor soubesse e "visse" os aplausos.

Imaginem a cena, e entendam o porque Beethoven é considerado o maior compositor de todos os tempos, a melhor interpretação da 9° pode ser ouvida pela Orquestra de Berlim.

O vídeo é do excelente maestro Karajan regendo a Orquestra de Berlim interpretando Ode to Joy, a peça mais conhecida da sinfonia.

Apreciem sem moderação.

Marcello Lopes



1 Musicólatras Comentaram:

Edison Junior disse...

Fantástico esse vídeo! As tomadas de perfil do coro dão mais força ainda à essa maravilhosa música.
O maestro alemão Karajan gravou todas as nove sinfonias de Beethoven inúmeras vezes, pelo menos uma a cada nova mídia que era lançada (LP, CD, vídeo-disco, VHS, DVD...)